8 coisas que nunca deve dizer ao chefe

As coisas que nunca deve dizer ao chefe

Com os anos de convivência, a relação empregado-empregador pode tornar-se mais relaxada, o que pode levar a conversas mais informais. Embora por um lado isso possa ser positivo, por outro, pode levá-lo a dizer mais do que devia ou então a dizer coisas que nunca devem sair da sua boca em direção aos ouvidos de quem manda. Quer trabalhe no mesmo sítio há 4 meses ou há 4 anos, saiba quais as frases que nunca deve dirigir ao seu chefe.

1. “Isso não faz parte do meu trabalho.”

Uma das piores coisas que pode transmitir ao seu superior é que acha que algo que ele/ela lhe pediu para fazer não lhe compete ou que é abaixo de si. Regra geral, quem manda, manda fazer tudo e, como subordinado, o seu dever é executá-lo. Antes de proferir esta frase pense nos motivos que possam ter levado o seu chefe a pedir-lhe determinada tarefa (confia em si, sabe que é capaz…), execute-a da melhor forma possível e no fim, se não correu bem, comunique-lhe porquê e/ou porque motivo o colega x ou y pode fazê-lo melhor. Nunca se esqueça que os diretores adoram colaboradores multifacetados.

2. “A culpa não é minha.”

Só o facto de dizer esta frase pode muito bem incriminá-lo, pelo menos aos olhos do seu chefe que, mais do que explicações, o que procura são certamente soluções. Proferir uma frase deste género tem ainda outro risco, o de incriminar outra pessoa, algo que deve evitar a todo o custo. A escola primária já lá vai há muito e no mundo profissional o objetivo é encontrar soluções e caminhos de sucesso, não bodes expiatórios.

3. “A Susana do departamento comercial acha-o um ditador, mas eu não.”

Embora possa parecer que está a defender o seu chefe, a verdade é que se proferir uma frase como esta está a dar-lhe um elogio negativo, para não falar no facto de estar a envolver e a prejudicar terceiros. Vai passar a imagem de alguém que não tem nenhum problema em apontar o dedo a colegas, ao mesmo tempo que tenta passar-se por um colaborador angelical e exemplar. Não se envolva em triângulos profissionais só para tentar impressionar o chefe – não é ético, é pouco profissional e pode trazer-lhe muitos problemas de relacionamento no ambiente de trabalho.

4. “Só um bocadinho, estou a atualizar o meu blogue.”

Uma coisa é fazê-lo rápida e discretamente como forma de descontrair ou procurar inspiração, outra coisa é passar o horário de expediente a atualizar o blogue ou o Facebook, a fazer compras online ou a falar no Messenger com os amigos e ainda por cima fazer o chefe esperar por causa disso. Para além de ser uma falta de respeito para com o seu superior, está a mostrar-lhe que o trabalho não está em primeiro lugar… e lá se vai a promoção.

5. “O problema não é meu.”

Dizer isto ao seu chefe é igual a dizer “não quero saber” e apostamos que ele não irá gostar de ouvir nenhuma destas afirmações. Qualquer empresa depende da sua equipa para ter sucesso e para ultrapassar os inevitáveis problemas, por isso, quando surge um problema no escritório ele pode muito bem afetar todos, direta ou indiretamente. Face a uma situação como esta, faça o que puder para ajudar e se não tiver nada construtivo para dizer sobre o assunto, é preferível não dizer nada. Vista a camisola da equipa, o seu sucesso profissional também depende disso.

6. “Isso é impossível”.

Mais três palavras a evitar por completo. Dizer isto ao seu chefe é igual a deitar-lhe um balde de água fria pela cabeça a baixo – também não faria isso pois não? Por mais difícil ou irreal que lhe possa parecer um pedido do seu chefe não lhe diga isso, caso contrário parecerá um colaborador inexperiente, incapaz ou sem vontade. Aceite o desafio e faça o possível e o impossível para o concretizar. Vai certamente ganhar pontos extra pelo esforço…

7. “Isso é demasiado fácil, qualquer pessoa consegue fazê-lo.”

O seu chefe pode interpretar esta frase de duas formas e nenhuma delas abona a seu favor: por um lado pode estar a dizer que é tão inteligente que o seu trabalho se torna demasiado fácil; por outro, pode parecer que a tarefa em questão é ridícula. Não há chefe no mundo que goste de ouvir que o trabalho da empresa é irrisório, que o seu colaborador não gosta de o fazer ou que até uma criança de 5 anos o podia executar. Trabalho é trabalho, e tem de ser feito. Guarde esses pensamentos para si e depois de ter a sorte de terminar rapidamente essas tarefas tão fáceis, dedique-se a projetos com maiores desafios e impressione o chefe.

8. “Ontem à noite foi a loucura total!”

Já o velho ditado diz: “Trabalho é trabalho, conhaque é conhaque” – ou seja, aquilo que faz na sua vida privada não é chamado para a sua vida profissional. A última coisa que vai querer, é que o seu superior pense que a sua produtividade no trabalho afinal está a ser afetada pelas suas noitadas contínuas e não por uma carga excessiva de trabalho como se queixou a semana passada. Acima de tudo não se esqueça: o seu chefe não é a sua mãe, melhor amigo ou terapeuta, é o seu chefe.

Gostou deste artigo?: