Os 23 pecados profissionais

Empregado

Diz-se que o mundo profissional é uma selva e não é por acaso! Numa era cada vez mais competitiva, pode ser rapidamente ultrapassado por quem sabe exactamente o que quer e trabalha para o conseguir. Para que não fique para trás e possa construir uma carreira sólida e gratificante, evite cometer estes pecados profissionais.

  1. Imagem pessoal descuidada.
  2. Falta de interesse e entusiasmo, ou seja, passivo e indiferente.
  3. Esperar muito da empresa, mas não quer dar nada em troca.
  4. Falta de disponibilidade.
  5. Demasiado voltado para o dinheiro/salário.
  6. Faz comentários negativos relativamente a antigos e/ou actuais directores e colegas de trabalho.
  7. Falta de pontualidade.
  8. Arrogante, agressivo, pensa que sabe tudo.
  9. Não se esmera na apresentação de trabalhos e projectos.
  10. Não cumpre prazos.
  11. Dá ordens aos outros colegas, mesmo não tendo autoridade para tal.
  12. Receber os louros por trabalho que não foi feito por si.
  13. Falta de tacto e cortesia, ser mal-educado e não respeitar os outros.
  14. Pouco comunicativo ou incapacidade de comunicar eficazmente: timidez, voz fraca, dicção e vocabulário pobre.
  15. Pouco ambicioso, não planeia o futuro, nem tem objectivos ou metas para atingir.
  16. Não investe em formação profissional e de valorização pessoal.
  17. Falta de confiança e postura – muito nervoso e nunca está à vontade.
  18. Não participa nas actividades extracurriculares da empresa.
  19. É evasivo quanto ao seu trabalho (especialmente quando não está feito!) e tem sempre desculpas para tudo.
  20. Falta de vitalidade e dinamismo – não é pró-activo.
  21. Intolerante, cínico, conflituoso.
  22. Falta de maturidade.
  23. Não demonstra interesse na empresa, nos seus projectos e futuro.
Gostou deste artigo?: